30/12/2021

PÓS-OBRA NA COLAR: O MAIOR EVENTO DA REGIÃO



A Colar sempre realizou eventos em sua loja física, e por conta das restrições necessárias para o combate à Covid-19, em 2020 e 2021, havia feito uma pausa nesta tradição.

Porém, com os esforços coletivos para criar um ambiente seguro e protegido, foi possível criar um evento para um grupo seleto de pessoas.

E assim, foi possível a realização do Evento Pós-Obra, juntamente à especialista em produtos de limpeza profissional, a Spartan. Veja nesse post tudo que rolou por lá!


 

O evento contou com a presença de profissionais Spartan e Colar, e 15 participantes.

Para a melhor recepção dos participantes e incentivar a interação, foi realizado um café de boas-vindas antes da palestra.



Em seguida, houve uma palestra ministrada por Paulo Zanini com o seguinte tema: “Limpeza pós-obra e seus desafios: quais práticas, produtos químicos e equipamentos utilizar? ”



Com a expertise de anos no ramo, Zanini destacou pontos que todo profissional da limpeza deveria saber, indicando quais os produtos Spartan mais adequados para casos específicos, com a participação da plateia, que compartilhou suas próprias experiências na área.



Quer conferir tudo que rolou na palestra? É só clicar aqui.


E para que os participantes pudessem botar em prática os ensinamentos aprendidos, a Colar juntamente à Spartan forneceu um kit pós-obra para todos de forma gratuita, contendo soluções para limpeza geral, limpeza de pisos, construção civil e desengraxantes.


 

Após a distribuição dos kits, os participantes foram informados que a Spartan forneceria diplomas personalizados para todos que assistiram à palestra.


 

E não acaba por aí! Aos que vieram por indicação de vendedores Colar receberam um cartão personalizado em agradecimento!


 

Com direito à um vale-combo em parceria da Colar e Subway que garantiu um lanche com sanduíche e refrigerante.


 

E aqueles que não puderam participar presencialmente em nosso evento, ainda puderam aproveitar os ensinamentos da palestra através de nossas redes sociais!

Fazemos a cobertura completa de nossas palestras ao vivo no Instagram oficial da Colar! Para acessá-lo e nunca perder nenhuma novidade, clique aqui.

 

Quer participar dos nossos próximos eventos? É só nos acompanhar nas redes sociais onde anunciamos sempre que tiver um novo!

Facebook

Instagram

YouTube

 

 

Colar Administrador

O Lar do Especialista.

09/12/2021

SILICOSE: O QUE É, CAUSAS, SINTOMAS E COMO PREVENIR!



 

Silicose pulmonar: o que é? Quais as causas e os sintomas? Como evitar? Neste post abordaremos detalhes sobre essa doença ocupacional que embora não tenha cura, as formas de prevenção são pouco respeitadas nos ambientes de trabalho.

 

O que é silicose?

Trata-se de uma pneumoconiose (doenças pulmonares causadas pelo acúmulo de poeira nos pulmões) causada pela inalação de partículas de sílica.

A sílica é o principal componente da areia e matéria prima para a fabricação do vidro e do cimento, então profissionais na área de construção e restauração de ambientes são os principais afetados.

A inalação frequente desta substância limita a capacidade respiratória da pessoa afetada, com repercussão em outras funções orgânicas, sobretudo cardíaca.

 

A sílica se deposita nos alvéolos pulmonares, causando graves danos a eles e levando a uma fibrose pulmonar nodular irreversível.

 


Raio X de pessoas portadoras de silicose

 

Quais são as causas da silicose?

Ela é causada pela inalação geralmente crônica de partículas de sílica e leva alguns anos para manifestar sintomas, os quais são, no entanto, inevitáveis, a menos que a inalação seja precocemente interrompida.

 

A princípio podem aparecer nos pulmões pequenas áreas cicatriciais, que são conhecidas como silicose nodular simples, as quais posteriormente evoluem para áreas mais extensas de fibrose pulmonar.

 

 

Quais são os principais sinais e sintomas da silicose?

·         Febre e cianose

·         Dificuldades respiratórias

·         Tontura, fraqueza e náuseas

·         Insuficiência cardíaca

 

Deve-se estar atento para o fato de que a silicose favorece o aparecimento da tuberculose pulmonar.

 

Como evolui a silicose?

silicose pode vir a causar incapacidade para o trabalho.

Os pacientes com esse problema são mais sujeitos à tuberculose e por isso devem ser submetidos a controles periódicos.

Algumas vezes a doença pode causar a morte do paciente, ou por si mesma ou pelas complicações que acarreta.

 

Como o médico diagnostica a silicose?

diagnóstico da silicose é feito mediante o histórico clínico e ocupacional do paciente e por meio de exames de imagens do tórax e espirometria.

 

Como é feito o tratamento?

Uma vez estabelecida, ela não tem cura, mas a evolução da doença pode ser detida se a exposição ao pó de sílica for interrompida.

Contudo, deve-se tratar sintomaticamente as queixas existentes. As pessoas com dificuldades respiratórias, por exemplo, podem ser aliviadas com dilatadores brônquicos e com medicamentos que procuram eliminar as secreções das vias aéreas.

Se houver insuficiência cardíaca ou tuberculose concomitantes, essas doenças devem ser tratadas com os meios adequados a elas.

 

Como prevenir a silicose?

A melhor maneira de prevenir a doença é evitar expor-se ao pó de sílica, mas se isso não for possível, deve-se adotar medidas de segurança do trabalho adequadas para o caso.

 

Existem para a maioria das marcas de ferramentas, coletoresde pó que reduzem e muito a existência da sílica, e isto aliado a uma máscara de proteção protege a saúde de quem a utiliza.

Máquina sem aspirador de pó                 Máquina com aspirador de pó
  
                                 

 

Para quase todos os tipos de ferramentas que trabalham com corte, desbaste e polimento, existe a opção de trabalho a úmido ou com sistema de aspiração de pó que podem reduzir em 99% os riscos da inspiração de sílica no organismo.

A escolha do aspirador também é muito importante, o aspirador deve ter capacidade de aspiração suficiente para quantidade de pó que cada tipo de operação gera. Dê preferência para aspiradores que possuem filtro Hepa pois o mesmo é capaz de reter 99,99% das partículas. 

Caso sua ferramenta ainda esteja em boas condições, talvez valha apena investir em apenas um adaptador para transformá-la em uma máquina a úmido..

 


                       Corte a úmido                        Corte a seco com coletor de pó          Corte a seco com aspiração            
  











                                      

     sistema de adaptação para          maquinas a úmido                 Máquinas a úmido para

         maquinas a úmido                    com ótimo  CxB                          uso industrial



máquinas para desbaste com aspiração de pó


 

 




Colar Administrador

O Lar do Especialista.

03/11/2021

COMO CUIDAR DE PISOS VINÍLICOS CORRETAMENTE






Se você possui piso vinílico, já deve ter se perguntado: qual a melhor forma de limpá-lo? Se o piso manchar ou ficar encardido o que posso fazer? Posso jogar água nele?

Neste post você verá que as respostas para estas perguntas são mais simples do que você imagina!

 

COMO LIMPAR MEU PISO VINÍLICO?

A primeira coisa que você precisa saber para limpar seu piso vinílico: é possível limpá-lo com água, com o cuidado de não a utilizar em excessos ou deixá-la acumulada sobre ele.

A água não danifica o piso, porém pode vir a afetar o material com o qual ele é colado, por isso o indicado é não jogar diretamente a água nele.

Lembre-se que o cloro prejudica o piso vinílico e não deve ser utilizado neste processo.

Por se tratar de um material que não é poroso, ele não absorve a sujeira tão facilmente quanto certos tipos de pedra.

Para limpeza diária recomendamos o seguinte método:

1-    Misturar água e detergente neutro

2-    Utilizar um MOP com spray para espalhar a mistura e remover sujeiras

3-    Secar após a limpeza

Em casos de sujidades específicas, como superfícies engorduradas, enceradas ou com resíduo de graxa, utilize detergente com PH alcalino pois ele tem poder de remover todos estes resíduos. O produto Limpeza Pesada também é indicado para estas situações.

Para resíduos pós obra (cimento e gesso), utilize detergente com PH ácido desenvolvido para remover a sujidade sem agredir o revestimento. O Desincrustante LP realiza também este serviço com excelência.


PISO VINÍLICO MANCHA?

Todo piso pode manchar!

Apesar dos pisos vinílicos serem resistentes a manchas, a incidência de manchas em qualquer tipo de revestimento é alta. E nos pisos vinílicos não seria diferente. Tudo dependerá do tipo de substância derramada, tipo de acessório de limpeza utilizado na manutenção ou até mesmo a maneira de efetuar a limpeza.

Devido às suas características, manchas como azeite, shoyu, caneta, base e batom podem ser removidas da seguinte maneira:

1-    Remover o excesso antes da limpeza com um pano

2-    Limpar com água e detergente neutro

3-    Secar após a limpeza

Caso a mancha persista é recomendado utilizar um produto desenvolvido especificamente para a substância que manchou o revestimento. Por exemplo: 

-Manchas de ferrugem: Rustout ou  Taf Gel.

-Manchas de tintas em revestimentos ou de canetas e massa plástica seca (Poliéster): Tiragrafite.

-Manchas orgânicas de  vinho, café, cerveja, chocolate, frutas vermelhas, ovos, sucos de fruta, xarope, maquiagem, vegetais, tintas claras, oxidações, barro, e outros tipos: tira manchas + pó de cataplasma.


COMO MANTER A APARÊNCIA DE NOVO DO PISO VINÍLICO?

Para isto, uma vez por semana ou a cada 14 dias, é recomendado a utilização de limpador e embelezador de vinílicos que deve ser dosado de acordo com as condições de seu piso.


Se você seguiu todos os passos anteriores e ainda assim não conseguiu resolver o seu problema, entre em contato com um de nossos atendentes:

Central de atendimento: (11) 2662-1500

Ou visite nosso site: https://www.colar.com.br/qual-seu-tipo-de-piso/vinilico-pvc-borracha-linoleo


Colar Administrador

O Lar do Especialista.